2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 01 Dezembro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.426

Deltan Dallagnol é o símbolo da impunidade no Brasil, conselheiros mudam votos e CNMP arquiva caso do PowerPoint por 10 a 0

Foto: Reprodução/Twitter

​ 25 agosto de 2020

O CNMP arquivou um pedido de abertura de processo disciplinar contra ele, Roberson Pozzobon e Júlio Noronha no caso do PowerPoint de Lula, uma piada de mau gosto.

O julgamento foi adiado 41 vezes.

Por unanimidade, o Conselho decidiu que o caso prescreveu.

O conselheiro Sebastião Caixeta, que era a favor de abrir o processo, mudou o voto e reconheceu a prescrição das punições, caso fosse aberto o procedimento disciplinar.

Otavio Rodrigues, Bandeira de Mello e Fernanda Marinela, que haviam votado a favor de abrir o processo mudaram de voto e também declararam as penas prescritas.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, teve oportunidade de falar uma única vez, após uma conselheira lembrar que ele existia e acompanhava a sessão de terror.

Uma palhaçada completa, digna do lavajatismo mais puro da montanha.

DCM

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor