2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 25 de setembro de 2020 - Ano: XII - Edição: 4.359

Obra no Rio São Francisco inaugurada por Bolsonaro no Ceará vaza e 2 mil pessoas são evacuadas

Foto: Isac Nóbrega/PR

Tubulação na Barragem de Jati se rompeu e gerou um vazamento no local. Moradores foram avisados por carros de som durante a madrugada

22 de agosto de 2020

Inaugurada no último dia 26 de junho pelo presidente Jair Bolsonaro, a obra de transposição do Rio São Francisco em Jati, município da região sul do Ceará, vazou na sexta-feira (21) e obrigou moradores a deixarem suas casas durante a madrugada.

De acordo com a Folha de S.Paulo, cerca de 2 mil pessoas que moram nas proximidades do reservatório Jati tiveram de ser evacuadas. Moradores foram avisados do rompimento da barragem por meio de carros de som.

A população está sendo levada para hotéis, pousadas e alojamentos na região. Outro preferiram ir para casas de parentes e amigos que moram mais distante da barragem.

Mais cedo, o Ministério do Desenvolvimento Regional divulgou uma nota informando que o vazamento estava contido. “A situação no local está estabilizada após o fechamento da comporta”, dizia o texto. “Equipes técnicas da pasta mantêm os trabalhos em campo para verificar danos à estrutura e avaliar necessidades de reparos”, continuou.

O rompimento ocorreu durante operação teste no reservatório. Na última quinta-feira (20), foi feito o acionamento das comportas da barragem para que ele começasse a abastecer o Cinturão das Águas, que levará as águas do rio São Francisco até o Açude Castanhão, que abastece Fortaleza e outras cidades próximas.

A obra inaugurada por Bolsonaro começou a ser executada em 2007 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP). Ela já estava 94% pronta antes da posse do ex-capitão.

Revista Fórum

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor