2

São Gonçalo do Amarante - CE - Domingo 20 de setembro de 2020 - Ano: XII - Edição: 4.355

Ceará vence o Flamengo por 2X0 no Castelão e Fortaleza empata com o Grêmio por 1X1 em Porto Alegre, pela Série A do Brasileirão

(Foto:Fabio Lima/O POVO) (Foto: Fabio Lima)

Vina, com duas assistências precisas, foi um dos principais destaques do ótimo resultado conseguido pelo Alvinegro no Castelão

13/09/2020

Em grande estilo o Ceará voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, no Castelão, superou o Flamengo por 2 a 0 e assim atingiu os 13 pontos na tabela, assumindo a nona colocação. Vina, com duas assistências precisas, foi um dos principais destaques do ótimo resultado conseguido pelo Alvinegro, que viu os gols serem marcados por Luiz Otávio e Charles, ambos na segunda etapa. O sistema defensivo do time - com participação de todos os atletas que entraram em campo - foi muito bem e organizado, responsável direto pelo controle da partida e a soma dos três pontos.

No primeiro tempo, o Ceará não conseguiu agredir o Flamengo com qualidade.  Sem criatividade ofensiva - Leandro Carvalho, Cleber e Vina estiveram discretos - o time facilitou a marcação do adversário, tanto que o goleiro César não teve nenhum trabalho relevante nas quatro finalizações da equipe.

Já em relação ao sistema defensivo, o Alvinegro esteve bem, conseguindo impedir as principais jogadas de ataque do Flamengo, que teve duas boas oportunidades, ambas desperdiçadas por Gabigol com finalizações para fora. A primeira aos 11 minutos (cabeçada na entrada da pequena área) e a segunda aos 14 minutos (finalização de pé direito). O time do Rio de Janeiro terminou a primeira etapa com oito finalizações, mas Fernando Prass também não trabalhou.

O segundo tempo foi bastante diferente e começou com o Ceará marcando bem a saída de bola do Flamengo, tanto que logo aos quatro minutos o time de Guto Ferreira abriu o placar, em bonito gol de cabeça de Luiz Otávio após cobrança de escanteio de Vina. Confiante, o Alvinegro ampliou logo depois, aos 11 minutos, gol marcado por Charles após outro ótimo passe, mais uma vez, de Vina, que atingiu a impressionante marca de 10 assistências na temporada (além dos nove gols que anotou).

A essa altura do jogo, o técnico do Flamengo, Domenec Torrent, já tinha colocado Pedro na vaga de Michael, mas a transição da equipe seguia lenta e o sistema defensivo do Ceará muito bem postado, impedindo quaisquer ações importantes contra a meta defendida por Fernando Prass. Apenas cruzamentos para a área faziam parte do repertório do atual campeão brasileiro.

O jogo seguida confortável para o Ceará e Guto Ferreira optou por sacar Vina e colocar Lima, aos 25 minutos. Pouco tempo depois foi a vez de Leandro Carvalho dar seu lugar a Mateus Gonçalves. Precisando tentar diminuir o placar, o Flamengo - já com Lincoln, Matheuzinho e Diego em campo - tinha mais a bola e tentava de todas as maneiras furar as linhas defensivas do Alvinegro, mas sem sucesso efetivo e nas poucas vezes que conseguia levar algum perigo, encontrava Fernando Prass atento.

Na próxima quarta-feira, em Santa Catarina, o Ceará encara o Brusque, jogo de ida da Copa do Brasil em sua quarta fase. O Flamengo encara o Independiente Del Valle, pela Libertadores, na quinta-feira, fora de casa.

 

Fortaleza empata com o Grêmio, fora de casa, por 1 a 1

Fortaleza abriu o placar com Osvaldo no primeiro tempo, e se manteve bem na defesa sofrendo poucos sustos. Na volta do intervalo, Grêmio conseguiu empate após gol de pênalti. Tricolor cearense chega aos 12 pontos na Série A.

Por | Samuel Pimentel

O Fortaleza segurou o empate por 1 a 1 contra o Grêmio, na Arena do Grêmio, neste domingo, 13. Válido pela 10ª rodada do Brasileirão da Série A, o jogo teve polêmicas, pênalti e expulsões. O duelo dos tricolores teve um Leão do Pici apostando na consistência defensiva e nos contra-ataques. Jogando bem pelo lado esquerdo do ataque Osvaldo abriu o placar, aos 16 minutos, numa tentativa de cruzamento que foi direto para o gol.

Criando pouco no ataque e pouco oferecendo riscos ao goleiro Felipe Alves, o Grêmio só conseguiu empatar na volta do segundo tempo, de pênalti, com Diego Souza, aos seis minutos. O lance da penalidade, cometida por Quintero em Everton, gerou certa polêmica, com direito a cartão para o técnico do Fortaleza, Rogério Ceni. Na cobrança, Felipe Alves defendeu a primeira cobrança, que precisou ser novamente feita após invasão do atacante gremista Luiz Fernando, que marcou no rebote. Na segunda oportunidade, o centroavante não perdoou.

Pouco tempo depois do empate, o jogo melhorou, com ambas as equipes criando jogadas. O panorama da partida se alterou quando aos 25 minutos da etapa final, uma discussão entre Gabriel Dias, do Fortaleza, e Luiz Fernando, do Grêmio, em que o gremista tentou dar uma cabeçada no defensor do Tricolor Cearense, terminou a expulsão dos dois jogadores.

O POVO

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor