2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 20 de outubro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.385

Dona de casa vai à Justiça contra Bolsonaro por mil dólares no auxílio emergencial

 26 de setembro de 2020

Não espere assistir essa reportagem no Jornal Nacional da TV Globo.

Uma dona de casa do Rio de Janeiro decidiu ir à Justiça cobrar o auxílio emergencial de US$ 1 mil, citado pelo presidente Jair Bolsonaro no discurso da ONU.

A ação de cobrança da dona de casa reivindica os mil dólares, cerca de R$ 5,5 mil pela cotação atual da moeda americana, haja vista que ela só recebeu R$ 2,4 mil de ajuda governamental por meio do auxílio emergencial na pandemia.

Segundo a reclamante fluminense, ela só recebeu quatro parcelas de R$ 600, como os demais beneficiários, totalizando R$ 2,4 mil até a data do discurso.

Diferente do discurso de Bolsonaro na ONU, se uma pessoa recebeu todas as parcelas do auxílio emergencial, ela recebeu no máximo 776 dólares ou o equivalente a R$ 4,2 mil.

Bolsonaro discursou na abertura da 75ª Assembleia Geral da ONU na última terça-feira, dia 22 de setembro.

Na ação judicial da dona de casa, ela argumenta que “… busca a presente pretensão o pagamento da diferença entre o valor recebido e o valor declarado pelo Presidente, de modo a materializar fielmente o benefício financeiro que foi destinado aos brasileiros, segundo expressamente proclamado pelo Chefe maior do estado” e, por meio de suas advogadas, a mulher afirma que o valor recebido teve “importantíssima relevância”, mas que não foi o suficiente para gastos como saúde, educação e moradia.

A dona de casa pede ainda dano moral na ação contra o presidente Jair Bolsonaro, totalizando a causa em R$ 9.420.

Blog do Esmael

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor