2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quinta-feira 29 de outubro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.394

Polícia Federal cumpre mandado contra governador Carlos Moisés de SC, ex-aliado de Jair Bolsonaro

(Foto: Cristiano Estrela/Secom | Reprodução)

No âmbito da operação que apura corrupção na Saúde, o alvo nesta quarta-feira (30) é Carlos Moisés, do PSL, ex-aliado de Jair Bolsonaro. Nesta terça, houve buscas contra Hélder Barbalho, governador do Pará

30 de setembro de 2020

Um dia depois de a Polícia Federal ter cumprido mandado de busca e apreensão contra o governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB), a operação que apura corrupção na área da Saúde mira nesta quarta-feira (30) o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL).

Além do governador, outros dois integrantes do governo catarinense são alvo da ação, cujos nomes não foram divulgados, uma vez que o caso tramita sob sigilo. O inquérito apura fraudes na compra de respiradores para enfrentamento da pandemia de Covid-19 no estado. O contrato sob suspeita movimentou R$ 33 milhões.

Os investigadores buscam provas da relação entre o governador, sua equipe e empresários da empresa Veigamed que venderam 200 respiradores ao estado de Santa Catarina. As medidas cautelares foram autorizadas pelo ministro do STJ Benedito Gonçalves.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor