2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 21 de outubro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.386

ALEX SOLNIK | Toffoli aderiu a Bolsonaro ou Bolsonaro aderiu a Toffoli?

"Jamais se viu um presidente da República demonstrar apreço por um ministro do STF de forma tão efusiva e tão fora de qualquer protocolo", escreve Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia, em referência a Jair Bolsonaro e ao ministro do STF Dias Toffoli. "O abraço quer dizer que Toffoli aderiu a Bolsonaro ou que Bolsonaro aderiu a Toffoli?", questiona

4 de outubro de 2020, 10:47 h Atualizado em 4 de outubro de 2020, 10:47

Alex Solnik é jornalista. Já atuou em publicações como Jornal da Tarde, Istoé, Senhor, Careta, Interview e Manchete. É autor de treze livros, dentre os quais "Porque não deu certo", "O Cofre do Adhemar", "A guerra do apagão" e "O domador de sonhos"

...

As redes sociais de hoje estão repletas de fotos e vídeos mostrando um abraço.

A primeira imagem que vi não percebi quem eram os personagens.

Depois, notei que um deles era Bolsonaro, de costas e alguém com marcas de implante de cabelo o outro.

Só na terceira imagem, agora movimentada, descobri que eram Bolsonaro e Dias Toffoli se abraçando fraternalmente, como só dois grandes amigos fazem, principalmente nesses tempos de pandemia.

São imagens inéditas, com certeza.

Jamais se viu um presidente da República demonstrar apreço por um ministro do STF de forma tão efusiva e tão fora de qualquer protocolo.

O abraço provocou reações de repúdio do MBL, que, como sempre, está à direita de Bolsonaro e é refratária a qualquer coisa que não seja a ditadura militar.

Não é, sem dúvida, uma cena que consagra o que diz a constituição de 1988 a respeito da autonomia entre os Poderes, seria melhor se não tivesse ocorrido.

 

Pegou mal especialmente para Toffoli.

No entanto, acho melhor o presidente da República e o ministro do STF se abraçarem do que jogarem pedras um no outro.

A democracia corre menos riscos.

Toffoli não é mais presidente do STF, nem tem influência na corte para comandar uma ala pró-bolsonarista, por isso não acredito que o gesto signifique a adesão do Supremo às causas de Bolsonaro.

Não acredito que o abraço fraternal de Toffoli seja abraço fraternal de todo o STF. Bolsonaro não vai abraçar o Fux, por exemplo, e vice-versa, por dois motivos óbvios: Fux é lavajatista e aliado da Globo. Nem acho que os demais ministros vão aliviar as questões criminais que envolvem a família Bolsonaro.

O episódio suscita a mesma dúvida sugerida pelo célebre anúncio do biscoito Tostines: o abraço quer dizer que Toffoli aderiu a Bolsonaro ou que Bolsonaro aderiu a Toffoli?

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor