2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 20 de outubro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.385

"Ceará vai produzir o mosquito que impede transmissão da dengue", diz coordenador da Fiocruz Ceará


Foto: Natinho Rodrigues

A expectativa, segundo o médico Carlile Lavor, é concluir a construção de um novo laboratório até o início de 2021. Assim, será possível iniciar o trabalho científico

Por Barbara Câmara | 4 de outubro de 2020

Antes da fatídica chegada do coronavírus ao Brasil, os focos de pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) eram outros, e avançavam com sucesso. Um deles visa a interromper a transmissão de dengue, Zika e chikungunya simultaneamente e estava prestes a ser desenvolvido, também, no Ceará.

A unidade da Fundação no Estado vem crescendo durante a pandemia, e deu um passo importante em agosto, com a inauguração de um centro de testagem no município de Eusébio. O médico Carlile Lavor é coordenador da Fiocruz Ceará e, embora reconheça a prioridade dos trabalhos voltados à Covid-19, reforça que o estudo promissor com o mosquito Aedes aegypti deve começar a ser conduzido no Estado no início de 2021.

Leia mais no Diário do Nordeste

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor