2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 24 de outubro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.389

O Globo, um dos principais responsáveis pela ascensão do neofascismo no Brasil ataca 247 pela defesa dos direitos políticos de Lula

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)

Em sua coluna, o jornalista Ascânio Sêleme voltou a defender que a esquerda esqueça o ex-presidente e criticou o presidente do PCO por defender, em entrevista à TV 247, a devolução da cidadania política a Lula

17 de outubro de 2020

O jornal O Globo, que foi um dos principais responsáveis pela ascensão do neofascismo no Brasil, por ter feito campanha pelo golpe de 2016 e pela prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, atacou, neste sábado, o Brasil 247 e o presidente do Partido da Causa Operária, Rui Costa Pimenta. O motivo foi uma entrevista de Rui à TV 247, em que ele defendeu os direitos políticos do ex-presidente Lula e afirmou que muitos na esquerda não têm dado a importância necessária a esta questão. Em razão desta entrevista, o jornalista Ascânio Sêleme, o mesmo que defendeu o "perdão ao PT", mas não a Lula, criticou o que chamou de "naniquismo" da esquerda brasileira e também classificou o 247 como "site companheiro". Ascânio também fez uma defesa da "frente ampla" contra Bolsonaro – desde que este movimento seja uma frente sem Lula.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor