2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 26 de outubro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.391

Fuga de capitais dobra e expõe o fracasso econômico de Guedes e Bolsonaro

 

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

Os investidores estrangeiros fogem em massa do Brasil devido à insegurança gerada pela política econômica de Bolsonaro e Guedes

7 de outubro de 2020

O fluxo total estrangeiro cairá de US$ 59 bilhões em 2019 para US$ 11 bilhões em 2020, revelando o fracasso da política econômica de Guedes e Bolsonaro.

A fuga de investidores estrangeiros do Brasil das aplicações de risco em 2020 deve mais do que dobrar em relação ao registrado em 2019. O saldo entre aplicações e retiradas de estrangeiro ficará negativo em US$ 24 bilhões (R$ 134 bilhões) entre janeiro e dezembro, contra US$ 11,1 bilhões (R$ 62 bilhões) em 2019.

Quanto aos investimentos de longo prazo direcionados ao setor produtivo, entrará no Brasil bem menos dinheiro neste ano: cerca de US$ 49 bilhões, ante US$ 73 bilhões em 2019.

Somando diferentes tipos de entradas e saídas, o Brasil terá um fluxo positivo de dinheiro estrangeiro em 2020 de apenas US$ 11 bilhões, bem abaixo dos US$ 59 bilhões de 2019, aponta reportagem do jornalista Fernando Canzian na Folha de S.Paulo.

A redução ocorre em um ano em que os países ricos lançaram pacotes trilionários para injetar liquidez em suas economias —um dinheiro que, em muitos casos, acaba “vazando” para economias que oferecem boas chances de retorno, o que não ocorreu no Brasil.

Brasil 247


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor