2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 20 de outubro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.385

Jornal Nacional dá pouco mais de um minuto de destaque sobre legalidade de palestras de Lula. Quando acusou foram horas de ataque


(Foto: Reprodução JN)

“A Lava Jato afirma que não há provas de irregularidade no pagamentos de palestras do ex-presidente Lula”, disse William Bonner na abertura do Jornal Nacional

2 de outubro de 2020

O Jornal Nacional, da TV Globo, deu apenas um minuto de destaque para falar sobre a decisão da Justiça que reconheceu legalidade nas palestras ministradas pelo ex-presidente Lula.

No entanto, a emissora da família Marinho não produziu reportagem. Os apresentadores William Bonner e Mariana Gross leram as informações que reconhecem não há provas que incriminem o ex-presidente Lula em razão das 23 palestras do ex-líder sindical que vinham sendo investigadas pela Lava Jato há cinco anos.

“A Lava Jato afirma que não há provas de irregularidade nos pagamentos de palestras do ex-presidente Lula”, disse William Bonner na abertura do Jornal Nacional.

O telejornal apontou que a juíza Gabriela Hardt, substituta de Sergio Moro na 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba, liberou metade dos valores bloqueados contra Lula levando em conta investigações da Polícia Federal e do MPF de que não há provas de o pagamento de palestras tivesse origem ilícita.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor