2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 25 de Janeiro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.481

Cade abre processo para investigar conduta do sistema de publicidade da Globo

(Foto: Brasil 247/dvulgação)

A Superintendência Geral do órgão instaurou inquérito administrativo para apurar indícios de "conduta anticompetitiva" do Grupo Globo de Comunicações, em contratos com agências de publicidade

2 de dezembro de 2020

Por Luis Nassif, do GGN - A Globo está sinceramente convencida do erro de ter ajudado na deposição do governo Dilma Rousseff. E não necessariamente pelos reflexos negativos na democracia brasileira.

Nesta quarta-feira, a Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Direito Econômico (CADE) instaurou inquérito administrativo para apurar indícios de conduta anticompetitivas do Grupo Globo de Comunicações, em contratos com agências de publicidade.

Trata-se do Bônus de Veiculação, pelo qual a Globo devolvia às agências parte das verbas publicitárias direcionadas aos seus veículos. Há décadas, era o principal instrumento de concentração de verbas publicitárias no grupo.

Segundo nota técnica do CADE, “nos chamados “planos de incentivo”, o veículo de comunicação pode estabelecer formas adicionais de remuneração às agências, como, por exemplo, a bonificação por volume. Neste caso, a bonificação pode ser considerada um programa de desconto, que inclui práticas como premiação por volume de investimentos feitos pela agência naquele veículo, estratégias de fidelização, imposição de volume mínimo de aquisição, entre outros”.

Leia mais no GGN

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor