2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 20 de Janeiro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.476

Integrantes do governo articulam saída de Ricardo Salles da devastação do Meio Ambiente

(Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Membros da cúpula do governo articularam, há cerca de um mês, a saída do ministro Ricardo Salles da pasta do Meio Ambiente

2 de dezembro de 2020

Integrantes da cúpula do governo articularam, há cerca de um mês, o afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Três opções chegaram a ser cogitadas: colocá-lo em um cargo de assessor especial ligado à Presidência, realocá-lo na Secretaria-Geral da Presidência com a saída de Jorge Oliveira para o Tribunal de Contas da União (TCU) ou ainda nomeá-lo para a Secretaria de Governo, hoje ocupada por Luiz Eduardo Ramos, informa a jornalista Bela Megale em sua coluna no Globo.

A pressão para a saída de Salles prossegue a partir de alguns ministérios. Entre eles estão integrantes de peso da área econômica, que lidam diretamente com empresas e representantes do mercado financeiro, segmento em que o ministro não é bem avaliado. Na visão deles, a imagem de Salles sempre vai atrapalhar.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor