2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 25 de Janeiro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.481

Mais da metade dos brasileiros ficaram sem trabalho durante a pandemia

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A crise econômica durante a pandemia da covid-19 atingiu em cheio os trabalhadores brasileiros. Cerca de 93 milhões de pessoas, que representam 53% da população em idade de trabalhar, ficaram inativos ou desempregados em 2020

26 de dezembro de 2020

O desemprego disparou em 2020 no Brasil. A crise econômica agravada pela pandemia da covid-19 fez com que metade da população em idade de trabalhar ficasse sem atividade econômica para seu sustento.

Pela primeira vez, o número de brasileiros sem emprego e sem buscar algum ultrapassou a marca de 40%. O maior índice foi nos trimestres encerrados em julho e agosto, quando o indicador chegou a 45,3% —a média histórica é de 38,9%. A informação é dos jornalistas Diego Garcia e Beatriz Montesanti na Folha de S.Paulo, com base em um estudo feito pelo professor sênior da FEA/USP e coordenador do Projeto Salariômetro, da Fipe, Hélio Zylberstajn.

Somando-se a esse contingente os brasileiros desempregados (aqueles em busca de trabalho, segundo o critério do IBGE), a quantidade de pessoas sem ocupação chegou ao número recorde de 53,2%.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor