2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quinta-feira 24 de Junho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.631

Bolsonaro vai às compras: R$ 3 bi para parlamentares em meio à eleição no Congresso

 29 de janeiro de 2021

O presidente Jair Bolsonaro foi às compras para adquirir deputados e senadores ao custo de R$ 3 bilhões nas vésperas das eleições na Câmara e no Senado.

As eleições do Congresso Nacional serão realizadas na próxima segunda-feira, dia 1º de fevereiro, com a tentativa de Bolsonaro interferir nas escolhas das duas casas.

“Se Deus quiser, Lira será eleito presidente da Câmara”, disse ontem (28) o debochado presidente Bolsonaro enquanto ele faz as compras.

Os R$ 3 bilhões no carrinho do presidente visaria comprar até 250 deputados e 35 senadores, que teriam esses recursos disponíveis para execução de obras em seus redutos eleitorais.

A farra do governo, que saiu nos corredores do Congresso com um carrinho de compras, mereceu protestos da oposição. O PSOL, por exemplo, entrou com uma representação no Tribunal de Contas da União (TCU) e na Procuradoria Geral da República (PGR) contra a liberação de verbas, sob a alegação de compra de votos.

“Jair Bolsonaro busca eleger seu aliado Arthur Lira (PP-AL) como presidente da Câmara para impor uma agenda de ainda mais retrocessos para o Brasil. Para alcançar esse objetivo e facilitar a própria reeleição, está se valendo das práticas mais espúrias. Trata-se de um mega esquema de compra de votos de deputados”, disse a deputada Samia Bomfim (SP), líder da bancada do PSOL na Câmara.

Na edição desta sexta-feira (29), o Estadão disse que teve acesso a uma planilha interna de controle de verbas, até então sigilosa, com os nomes dos parlamentares contemplados com os recursos “extras”.

Blog do Esmael

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor