2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 20 de Janeiro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.476

Defesa de Lula já analisa mensagens entre Moro e procuradores da Lava Jato, que provam a manipulação das ações judiciais

(Foto: ABr)

Advogados do ex-presidente Lula iniciaram a verificar os mais de 7 mil gigabytes de dados da operação Spoofing, que contém as mensagens trocadas entre Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato e provam a manipulação das ações judiciais contra Lula

13 de janeiro de 2021

Rede Brasil Atual - Os advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pegaram na segunda-feira (11) o material da operação spoofing, que traz as mensagens hackeadas entre o ex-juiz Sergio Moro e procuradores da Lava Jato.

Segundo reportagem de Tiago Angelo, do Conjur, o material entregue pela PF tem aproximadamente sete terabytes de informação. Por causa do grande volume — cada terabyte tem 1.024 gigabytes —, a polícia levou cinco dias para fazer a gravação em dois HDs externos disponibilizados pelos advogados.

“Em informe enviado ao ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, a defesa disse que a entrega dos dados ocorreu sem a conferência do conteúdo. Isso significa que não houve checagem dos HDs na Superintendência da PF para saber se todas as informações foram de fato gravadas”, afirma a reportagem.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor