2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 7 de Maio de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.583

Venezuela vai fornecer oxigênio para Manaus enquanto Jair Bolsonaro sabota combate à doença

 14 de janeiro de 2021

A Venezuela pode ser a solução para a falta de oxigênio em Manaus. A informação é da White Martins, empresa que fornece o produto ao governo do Amazonas.

Segundo a White Martins, há disponibilidade do produto em suas operações na Venezuela e que “neste momento está atuando para viabilizar a importação do produto para a região”.

De acordo a empresa, a demanda de oxigênio aumentou em cinco vezes nos últimos 15 dias, alcançando um volume de 70 mil metros cúbicos diários. Esse consumo equivale a quase o triplo da capacidade de produção da unidade da White Martins em Manaus, que é de 25 mil metros cúbicos por dia.

Sem oxigênio nos hospitais, Manaus vive uma crise sem precedentes por causa da pandemia de Covid-19, com internações batendo recordes e pacientes sendo enviados para outros estados.

Bolsonaro sabota combate à Covid

Enquanto médicos e familiares lutam pela vida, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, continuam sabotando o combate à doença. Na noite desta quinta-feira (14), por exemplo, eles atribuíram à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) o atraso da vacinação no País. Picaretagem dos dois moços, evidentemente.

Blog do Esmael

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor