2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sábado 31 de Julho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.667

Governador Camilo Santana vai ao STF para que Anvisa libere importação da vacina russa Sputnik V

 12 de abril de 2021

O governador do Ceará Camilo Santana anunciou, nesta segunda-feira (12), que irá entrar com uma ação junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a liberação da importação da vacina russa Sputnik V pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo o governador, diante da gravidade da crise, o estado pretende acelerar a aquisição de 5,9 milhões, negociadas diretamente com o Fundo Soberano Russo.

“A Sputinik V já é utilizada em cerca de 60 países, com eficácia de 91,6%”, justificou Camilo Santana. “Iremos a todas as instâncias possíveis para que as vacinas que adquirimos cheguem o mais rápido possível para imunizar nossa população”, garantiu o governador.

Na semana passada, nove gestores pediram à agência uma autorização excepcional para importação e distribuição da vacina. A articulação foi intermediada diretamente pelo representante do Fórum dos governadores e presidente do Consórcio, Wellington Dias, que se reuniu com técnicos da Anvisa. O Consórcio Nordeste garantiu, no início de março, 37 milhões de doses junto ao Fundo Russo.

Dias também participou de reunião com o comitê de vacinação do governo argentino, que vem utilizando a vacina com sucesso. O governo de Alberto Fernandez se prontificou a prestar todas as informações necessárias a fim de acelerar a chegada da vacina ao Brasil.

“Do contrato do Nordeste com a Sputnik, nós temos a expectativa, já a partir abril, do recebimento de 37 milhões de doses”, afirmou Dias. Para isso, explicou o governador, “é necessário, a autorização, por parte da Anvisa – tanto da importação da vacina, quanto a liberação de uso para ajudar a salvar vidas no Brasil”.

Eficácia de mais 90%

A Sputnik V tem mais de 90% de eficácia contra a Covid-19. Os estudos sobre o imunizante foram publicados na prestigiada revista científica The Lancet, no início de fevereiro. Foram analisados dados de 19,8 mil voluntários. Os pesquisadores identificaram um “excelente perfil de segurança”, com reações adversas leves e sem registros de alergias fortes.

“Os resultados intermediários do ensaio clínico de fase 3 da vacina de vetor de adenovírus Sputnik V são bastante impressionantes”, declarou o diretor de pesquisa do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica (Inserm) da França Cecil Czerkinsky. “Esta vacina parece ser altamente eficaz e imunogênica em todas as faixas etárias”.

Da Redação do PT, com CNN

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor