2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quinta-feira 29 de Julho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.665

Por que a hipocrisia de dizer que a CPI da Covid não é política?

Por Fernando Brito | 27 de Abril de 2021

Há grande preocupação na oposição em não se expor ao discurso hipócrita do governismo dizendo que a CPI da Covid não pode ser “política” e que nem seria hora de fazer, porque precisaríamos de “união”.

Até poderia ser verdade se não estivéssemos atravessando um período de anormalidade, se as disputas entre as forças política se dessem nos limites do espírito público, dos valores humanos, da unanimidade em torno do dever de salvar vidas.

É claro que não há nem pode haver política em torno da procedência de uma vacina, nem da necessidade de prover recursos hospitalares para quem está doente, nem da eficácia de um medicamento.

Mas quando isso é transformado em matéria-prima da agitação política extremista, quando vira ferramenta de afirmação de um governante que nega a pandemia, ignora mortes em massa, estimula o contágio da população, sim, isso é política e política de salvação nacional, a mais sagrada de todas as políticas, porque tem um programa indeclinável: o de salvar vidas.

O que deveria espantar é que esta Comissão destinada a apurar as responsabilidades políticas pela expansão descontrolada da doença não tenha sido implantada há oito ou dez meses, desde quando o governo brasileiro adotou uma política de Saúde omissiva, quando não negacionista e charlatã.

Assistimos um governo fazer a exploração política de uma medicação ineficaz, e fazê-lo de forma tão agressiva que para isso esmagou dois ministros da Saúde que não se tornaram traficantes de cloroquina, droga que fazia perder o bom-senso e levava pessoas a exporem-se ao vírus.

Vimos um presidente dizer, sucessivamente, “e daí?”, “não sou coveiro”, “é só uma gripezinha”, “está no finzinho” e não devemos (e devíamos) ter uma reação politica?

Testemunhamos a militarização da Saúde, e nada? Ouvimos “não vou comprar vacina da China”, e não tem política nisso?

A lista poderia seguir evidenciando o quanto de política – desumana, desastrosa, imbecil – há em todo o capítulo brasileiro da pandemia da Covid-19.

Foi a política – negando, inclusive e especialmente, a política – que nos levou a este desastre e é só ela que dele nos pode tirar.

Tijolaço

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor