2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 22 de Junho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.629

Participação de Pazuello em ato no Rio comprova que general mentiu à CPI do Genocídio

(Foto: Reprodução)

Em depoimento à CPI da Covid, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello falou ser a favor de medidas sanitárias de distanciamento e uso de máscaras. Neste domingo, o general apareceu sem máscara em aglomeração bolsonarista no Rio de Janeiro

23 de maio de 2021

A participação do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello no ato promovido por Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, neste domingo, 23, comprova que o general mentiu em depoimento à CPI da Covid no Senado nesta semana.

Em depoimento, Pazuello falou ser a favor de medidas sanitárias de distanciamento e uso de máscaras. Nesta sexta, ele apareceu sem máscara em aglomeração bolsonarista, no momento em que o Brasil se encaminha para 450 mil mortes pela Covid-19 desde o início da pandemia.

Na CPI, quando o relator, senador Renan Calheiros (MDB), perguntou sobre sua posição sobre medidas de distanciamento social, o general respondeu que era “positiva”. “Vou repetir: era positiva, deveríamos fazer medidas de distanciamento sempre que possível”, afirmou.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor