2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 22 de Junho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.629

Pazuello o ministro Placebo de Bolsonaro depõe nesta quarta na CPI da Covid no alvo de graves acusações

(Foto: Anderson Riedel/PR)

Em depoimento nesta quarta-feira (19), o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde irá depor depois de já ter sido citado em oitivas de depoentes anteriores, que deixaram graves acusações sobre sua gestão durante a pandemia

19 de maio de 2021

Testemunhas já ouvidas na CPI da Covid apontaram momentos em que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello estava ligado a ações como demora na decisão por compra de vacinas, distribuição de máscaras inadequadas para profissionais de saúde e outros pontos.

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello foi citado por diferentes testemunhas em seus depoimentos para os senadores que integram a CPI da Covid, informa o G1.

A CPI da Covid apura ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 e eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios. O depoimento de Pazuello, considerado essencial, será nesta quarta-feira (19).

As principais acusações que pesam sobre Pazuello são o fato de ter recebido em agosto do ano passado carta da Pfizer com oferta de vacinas e não ter feito nada.

Sob sua gestão, o Ministério da Saúde deixou as ofertas da farmacêutica Pfizer sem respostas. Quanto ao Consórcio Covax, Pazuello só autorizou a compra da cota mínima (10%).

Também sob a gestão de Pazuello, o ministério distribuiu máscaras impróprias e foi responsável pelo caos sanitário em Manaus, onde pacientes morreram por falta de oxigênio.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor