2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 22 de Junho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.629

Bolsonaro mente em rede nacional ao falar sobre prejuízos de estatais

(Foto: Anderson Riedel/PR)

Jair Bolsonaro disse que as empresas estatais registraram prejuízos bilionários nos governos passados – o que não corresponde aos fatos

2 de junho de 2021

Jair Bolsonaro voltou a espalhar fake news sobre as estatais brasileiras em governos anteriores nesta quarta-feira (2), desta vez em rede nacional de televisão e rádio.

Em pronunciamento, Bolsonaro afirmou que "as estatais, no passado, davam prejuízo de dezenas de bilhões de reais, devido a corrupção sistêmica e generalizada", e citou a Caixa Econômica Federal como exemplo: "bateu recorde de lucro, mesmo reduzindo juros".

Em maio, Bolsonaro já havia feito tal alegação, que é falsa. No primeiro ano do governo Lula, em 2003, a Caixa teve o maior lucro de sua história até então.

"Em 2004, o banco voltou a ter lucro: 1,4 bilhão de reais. Em 2005, o lucro da Caixa subiu 46% em relação ao ano anterior e foi de 2,07 bilhões. Em 2006, novo recorde: 2,38 bilhões de lucro. Em 2007, 2,5 bilhões de reais de lucro. No ano de 2008, lucro líquido de 3,9 bilhões de reais, 62,3% superior ao registrado no ano anterior. Em 2009, lucro de 3 bilhões de reais. Em 2010, último ano do governo Lula, o lucro da Caixa subiu 25% em relação a 2009 e fechou o ano em 3,8 bilhões", relatou o site Socialista Morena à época.

Durante seu discurso, Bolsonaro tentou fazer uma retrospectiva positiva de seu governo, que está pressionado pelas ruas e pela CPI da Covid. Ele exaltou a marca de 100 milhões de doses de vacinas distribuídas pelo Brasil, falou da produção de IFA que se iniciará em breve no país, voltou a dizer que o governo federal não obrigou ninguém a ficar em casa - mas também não ajudou nas medidas de combate à pandemia - exaltou o auxilio emergencial - que em 2021 tem um valor pífio - e disse esperar um crescimento acima de 4% da economia brasileira neste ano.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor