2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 22 de Junho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.629

Jair Bolsonaro debocha da demanda pelo auxílio emergencial: "quem quer mais é só ir no banco e fazer empréstimo"

(Foto: Reprodução)

Bolsonaro disse ainda que o Brasil, ao contrário do que indicam dados do Ministério da Cidadania, foi um dos únicos países na América Latina a reduzir a pobreza

1 de junho de 2021

Jair Bolsonaro debochou da demanda popular pelo auxílio emergencial, refletida nas manifestações do 29M. A apoiadores no Palácio da Alvorada, o presidente buscou ainda fugir da culpa pelo aumento no desemprego:

“Como é endividamento por parte do governo, quem quer mais é só ir no banco e fazer empréstimo. Sabemos da situação difícil em que se encontra população, que perdeu empregos não por culpa do presidente”, disse.

Bolsonaro disse que o Brasil, ao contrário do que indicam dados do Ministério da Cidadania, foi um dos únicos países na América Latina a reduzir a pobreza:

“Só dois países da América Latina diminuíram a pobreza, nós e o Panamá, se não me engano. Você não vai ver isso em lugar nenhum da imprensa. Qual país do mundo fez projeto como o nosso, que foi o auxílio emergencial? Gastamos em 2020 o equivalente a 10 vezes o Bolsa Família. E tem gente criticando ainda, falando que quer mais”.

Poder360

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor