2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 22 de Setembro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.720

Chamar Bolsonaro de verme é ofensa aos vermes, diz Lobão outro bolsonarista arrependido

(Foto: Reprodução | Reuters)

Cantor Lobão, que o apoiou em 2018, reagiu aos novos absurdos de Jair Bolsonaro

29 de dezembro de 2020

"Se Bolsonaro fosse chamado de verme desprezível, com toda a certeza, seria uma ofensa gigantesca ao verme", escreveu o cantor e compositor Lobão, em seu twitter, após novos absurdos ditos por Jair Bolsonaro no dia de ontem, quando o Brasil superou 191,5 mil mortes por covid-19.

Reuters – O Brasil registrou, nesta segunda-feira, 431 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de mortes pela doença no país a 191.570, informou o Ministério da Saúde.

Também foram notificados 20.548 novos casos da doença provocada pelo coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país atingindo 7.504.833, segundo o ministério.

Os registros de casos e óbitos do ministério costumam registrar quedas às segundas-feiras, em função do represamento de testes durante os finais de semana.

Passando por um repique da doença, o Brasil é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.

Estado brasileiro mais afetado pela Covid-19, atingiu nesta segunda-feira as marcas de 1.427.752 casos e 45.902 mortes.

Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo coronavírus registradas (524.658 casos, 11.605 mortes), mas o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos contabilizados (421.674 casos, 24.942 mortes).

Ainda de acordo com o ministério, o Brasil possui 6.568.898 pessoas recuperadas da Covid-19 e 744.365 pacientes em acompanhamento.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor