2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 27 de Outubro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.757

Globo em crise promove demissão em massa de jornalistas. Veja alguns nomes

(Foto: Divulgação/Wikimedia)

Quase 20 profissionais foram dispensados. A maioria atuava no jornal O Globo, mas há também repórteres do Extra. Alguns foram demitidos via chamada de vídeo

15 de dezembro de 2020

Às vésperas das festas de fim de ano, o Grupo Globo promove uma demissão em massa de seus funcionários. Até o momento, segundo o colunista Leo Dias, do Metrópoles, dezoito profissionais já foram dispensados, a maioria repórteres que atuavam no jornal O Globo, mas há também os que trabalhavam no Extra.

Com a redação em esquema de home office, em razão de pandemia de Covid-19, alguns profissionais foram demitidos via chamada de vídeo.

Segundo o Portal dos Jornalistas, os nomes mais sonoros são os de Ramona Ordoñez, da Economia, há 30 anos na casa, e Jason Vogel.

Deixam a empresa, informados por chamada de vídeo: Gustavo Goulart e Célia Costa, e também Maria Elisa, da editoria Rio; Cristina Azevedo, de Mundo, Fátima Sá e Helena Aragão, do Segundo Caderno; Bruno Calixto e Sérgio Luz, do suplemento Rio Show. Do Extra, Luciano Garrido, que atendia também a Rio do Globo, e Celso Oliveira, do fechamento. Da área administrativa, Felipe Gomes, do CCR, e a secretária Lucieni Varella.

Da sucursal de São Paulo, saem o editor Flávio Freire e a repórter Sílvia Amorim. De Brasília – onde O Globo não circula na forma impressa desde junho – foram Eduardo Campos, da Economia, e o fotógrafo Jorge William.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor