2

São Gonçalo do Amarante - CE - Domingo 26 de Setembro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.724

Mais uma indústria abandona o Brasil no governo Bolsonaro: Sony fecha fábrica em Manaus no final deste mês

(Foto: Toru Hanai/Reuters)

Filial da multinacional japonesa em Manaus produz câmeras, máquinas fotográficas e aparelhos de TV

1 de março de 2021

A Sony Brasil, filial da multinacional japonesa, comunicou hoje o fechamento de sua fábrica em Manaus no final deste mês. Com isso será interrompida a produção de eletrônicos como aparelhos de TV, câmeras, máquinas fotográficas e equipamentos de áudio. A distribuição e vendas desses produtos serão interrompidas no meio do ano.

Os demais negócios do Grupo Sony, como o videogame PlayStation, que é importado, seguirão no mercado brasileiro com sua rede de assistência técnica.

A filial da multinacional japonesa já havia comunicado o fechamento da fábrica em setembro passado. Na época, informou também a demissão dos seus 220 funcionários. A fábrica operou durante 36 anos. Mas a empresa chegou ao Brasil em 1972.

Assim que a Sony anunciou o fechamento de sua fábrica na capital do Amazonas, o governo de Jair Bolsonaro teria tentado reverter a decisão. Incumbido da tarefa, o Ministério das Comunicações não conseguiu concretizar o plano.

De acordo com a revista Época, o relato havia sido feito no Twitter por um assessor de imprensa, mas o post acabou apagado pouco depois que tem entre seus clientes a multinacional que, então, prontamente encaminhou a demanda ao setor responsável.

Com o anúncio, a Sony é a segunda empresa a fechar as portas no Brasil. Em 11 de janeiro, a montadora Ford anunciou sua saída do Brasil. Em 2019 a empresa havia fechado a fábrica de São Bernardo, no ABC paulista, mas mantinha as unidades de Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE).

No total, as fábricas somam 5 mil trabalhadores.

RBA

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor