2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 28 de Setembro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.726

Merval Pereira, da Globo, prevê impeachment de Bolsonaro e diz que Mourão traz "tranquilidade"

(Foto: Reprodução/internet)

Colunista do jornal O Globo diz que Jair Bolsonaro cavou sua própria cova com a crise militar que criou

1 de abril de 2021

O jornalista Merval Pereira, colunista que externaliza os interesses do grupo Globo, já prevê o afastamento de Jair Bolsonaro e uma certa tranquilidade num eventual governo do vice Hamilton Mourão. "Hoje, o fato de ter Mourão como vice traz tranquilidade diante do futuro, caso Bolsonaro seja impedido pelo Congresso. Não que seja um estadista, muito menos traidor, como o presidente desconfia, mas é o agregador natural, pelo cargo que ocupa e pelas atitudes que vem tomando, das insatisfações disseminadas. Mourão tem tido comportamento correto diante das grandes crises, demonstra bom senso na maior parte das vezes, coloca-se como alternativa natural ao gênio explosivo de Bolsonaro, sem precisar fazer declarações críticas, apenas usar o bom senso", escreve em sua coluna.

Ele também afirma que Bolsonaro não criou o seu exército com as mudanças feitas na Defesa. "A escolha do general Paulo Sérgio Nogueira para o Comando do Exército e o destaque dado pelo novo ministro da Defesa, Braga Netto, ao combate da pandemia de Covid-19 são derrotas simbólicas do presidente Bolsonaro, que teve de escolher os novos comandantes entre os mais antigos nas três Armas, e não entre aqueles que lhe são mais próximos", ponderou.

"Os próximos meses, no entanto, nos reservam muitos problemas, com a economia em frangalhos e a pandemia descontrolada. Um presidente destrambelhado e isolado nesse cenário é caminho aberto para crises permanentes. Ciro Gomes tem razão. Bolsonaro está mais perto do impeachment do que de uma quartelada", afirmou.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor