2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 27 de Setembro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.725

Em pronunciamento frouxo e covarde, Arthur Lira passa pano para atos golpistas e não cita impeachment

Bolsonaro e Arthur Lira rindo da cara dos brasileiros

8 de setembro de 2021

O pronunciamento do presidente da Câmara, deputado federal Arthur Lira (MDB-AL), foi um vexame.

Ele elogiou “os brasileiros que foram às ruas de modo pacífico” nos atos golpistas do 7 de setembro.

Em seguida, prometeu construir uma “ponte de pacificação” entre Judiciário e Executivo.

O parlamentar afirmou que não deixou de cumprir seu papel e que a crise no Brasil é superdimensionada nas redes sociais e na imprensa.

Lira não falou em impeachment e sequer citou o nome do presidente Jair Bolsonaro.

A fala mais contundente do fraco discurso foi sobre “dar um basta” nas “bravatas”.

“É hora de dar um basta nessa escalada e nas bravatas”, disse Lira. “Não vejo como possamos ter ainda mais espaço para radicalismo e excessos.”

Ele ainda se explicou sobre a demora em se manifestar: “Esperei até agora para me pronunciar porque não queria ser contaminado pelo calor de um ambiente já por demais aquecido.”

O deputado vinha sendo pressionado a falar sobre a situação do país após as manifestações bolsonaristas.

Bolsonaro discursou em Brasília e São Paulo, e reforçou as ameaças que vinha fazendo ao STF.

Após os protestos e as novas declarações, cresceu a pressão para que o presidente da Câmara analise os quase 100 pedidos de impachment.

Com seu discurso frouxo nesta quarta-feira (8), porém, Lira mostra que o Centrão quer seguir mamando nas tetas do governo até o fim do mandato de Bolsonaro.

DCM

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor