2

São Gonçalo do Amarante - CE - sEGUNDA-FEIRA 29 de novembro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.790

Acidente grave com ônibus que vinha do Maranhão para Fortaleza, deiza 4 mortos e 34 feridos em Tianguá

Foto: Divulgação/PRF

Passageiros fretaram ônibus do Maranhão com destino a Fortaleza onde fariam a prova da seleção

22 de Outubro de 2021

Pelo menos quatro pessoas morreram e 34 ficaram feridas após o tombamento de um ônibus no KM 301 da BR-222, em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, na madrugada desta sexta-feira (22). O veículo já havia sido autuado no último mês de setembro, em Sobral, no Norte do Ceará, por "trafegar em mau estado de conservação" e precisou ser escoltado para conserto. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo informações do órgão, as vítimas saíram do Maranhão com destino a Fortaleza, onde fariam o concurso público da Fundação Regional de Saúde (Funsaúde) neste fim de semana.

Duas delas tiveram o óbito confirmado ainda no local e outras duas chegaram a ser encaminhadas a uma unidade de saúde, mas também não resistiram aos ferimentos.

"Também há confirmação de que o condutor teria fugido do local e que o ônibus havia sido fretado pelos passageiros que estariam se dirigindo a Fortaleza para realização de prova de concurso público durante o final de semana", detalhou.

RESGATE

Os primeiros atendimentos  às vítimas foram feitos por profissionais de saúde que estavam em um outro ônibus e passavam pelo trecho do acidente.

Após os procedimentos iniciais, 34 passageiros deram entrada no Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá. Três deles precisaram ser remanejados para a Santa Casa de Misericórdia, em Sobral, tendo em vista a gravidade das escoriações.

A PRF alertou em nota que o acidente provocou o bloqueio total da pista e o fluxo de veículos está sendo por equipes do órgão. 

SOBREVIVENTES

Segundo a psicóloga Tatiele Cristine Silva Lobão, uma das passageiras, o ônibus saiu do Maranhão por volta de 15h dessa quinta-feira (21). Com ferimentos no braço e no pé, ela relatou que não lembra exatamente como o acidente ocorreu.

"Eu não lembro de muita coisa. Era de madrugada e estava todo mundo dormindo. A gente só viu quando o ônibus começou a balançar e caiu".

A fisioterapeuta Paula Samanta Moreira de Matos, detalhou que sentiu "cheiro de queimado" antes do tombamento do veículo.

"Eu estava dormindo e acordei sentindo cheiro de queimado. Quando falei que estava fedendo a queimado, automaticamente o ônibus já virou. O nosso medo era de cair dentro da serra, eu estava desesperada", conta a profissional que tem escoriações no braço e no pé.

Ainda conforme Paula, havia candidatos dos municípios de Barra do Corda, Presidente Dutra e Caxias, no Maranhão, estado de origem do ônibus, além de Teresina, no Piauí.

Diário do Nordeste

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor