2

São Gonçalo do Amarante - CE - Domingo 5 de Dezembro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.796

Arthur Lira e Bolsonaro estão brigados, diz aliado: “Traíra”

Arthur Lira e Bolsonaro estão sem se falar – Foto: Reprodução

23 de outubro de 2021

Arthur Lira e Bolsonaro não vivem o melhor momento da relação de amor iniciada no ano passado. O presidente da Câmara está brigado com o da república e são dois os motivos. O primeiro foi a PEC 5 e o mais recente tem nome e sobrenome: Paulo Guedes.

Uma pessoa ligada ao presidente do Legislativo brasileiro confirmou ao DCM a briga e os motivos. Segundo ele, não houve discussão ou bate boca porque Lira não é dado a esses arroubos. Mas ele teria reclamado de Bolsonaro num grupo de mensagens com colegas e assessores.

“No dia que a PEC 5 foi barrada, ele comentou que o Bolsonaro não fez força suficiente”, disse o aliado. Na versão do assessor, Lira queria mais empenho do presidente e que a máquina fosse usada para a aprovação. Mas o que se viu foi um movimento tímido do Planalto e bastante discrição. “O Ciro quase nem falou com os deputados”, teria escrito no grupo.

Arthur Lira e Bolsonaro

Embora não tenha feito reclamações públicas, Arthur Lira ficou chateado com Bolsonaro. Mesmo assim, ele engoliu em seco a derrota e mirou nos seus colegas, já preparando uma vingança. Quanto ao presidente, foi considerado que era preciso calma, porque a semana era decisiva. “O presidente vai derrubar o Guedes”, teria dito o chefe do Legislativo ao explicar o motivo de estar cheio de dedos.

A semana caminhou e Guedes conseguiu reverter a iminente queda, com direito até a coletiva. Lira assistiu ao pronunciamento junto com aliados e não gostou nada do que viu. Se o ministro da Economia até mandou recado para ele e para Ciro Nogueira, este foi o menor dos problemas. “Traíra”, teria dito o presidente da Câmara ao ver Bolsonaro defender Guedes. O clima não está dos melhores e os dois não se falaram desde então.

O clima pesou tanto que o próprio Bolsonaro autorizou aliados a conversarem com outro partido, como opção ao PP. O presidente sabe que Lira pediu autonomia total na economia para viabilizar sua reeleição e a cabeça de Guedes. Sem isso, aliados temem que o presidente da Câmara atrapalhe a filiação.

DCM

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor