2

São Gonçalo do Amarante - CE - Domingo 5 de Dezembro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.796

Caminhoneiros bolsonaristas arrependidos marcam greve para 1º de novembro

(Foto: © Leonardo Benassatto/Reuters/direitos reservados)

A categoria se diz em “estado de greve” desde o último sábado e, durante o fim de semana, líderes de entidades do setor fizeram críticas ao governo

18 de outubro de 2021

Os caminhoneiros estão ameaçando paralisar o País. Desde sábado (16), a categoria se diz em “estado de greve” e, durante o fim de semana, líderes de entidades do setor fizeram críticas a Jair Bolsonaro.

Nesta segunda-feira (18) as entidades representativas da categoria prometem entregar uma lista de reivindicações ao governo. Segundo as entidades, sinalizações positivas são necessárias para evitar paralisação nacional a partir de 1.º de novembro.

Os caminhoneiros estão exigindo o cumprimento do valor mínimo do frete rodoviário, a aposentadoria especial para a categoria (aos 25 anos de trabalho) e a mudança na política de preços da Petrobras para combustíveis para reduzir a flutuação do diesel.

O Estado de S. Paulo

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor