2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 27 de Outubro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.757

Capitã Cloroquina é acusada de tentar derrubar Queiroga, diz Rádio CBN

Mayra Pinheiro, a Capitã Cloroquina, e Marcelo Queiroga; – Foto: Reprodução

7 de Outubro de 2021​

Mayra Pinheiro, a Capitã Cloroquina, registrou um boletim de ocorrência contra o chefe de gabinete do ministro da Saúde, João Lopes de Araújo Júnior. Em mensagens, João acusa Mayra e Onyx Lorenzoni de atuarem em conjunto para derrubar o ministro Marcelo Queiroga (Saúde). A informação foi divulgada no pela Rádio CBN, através do jornalista Cézar Feitoza pelo Twitter.

Nas mensagens, anexadas ao BO, João diz que Mayra está “cometendo um crime” e que ela “não tem qualquer lealdade ao ministro”. “(Conheço) todos os nomes envolvidos nessa tentativa de retirada do ministro”, disse. O chefe do gabinete ainda ameaçou a Capitã Cloroquina e disse que ela vai ver a “mão de Deus sobre você”.

Ainda segundo a rádio, o caso foi parar na Polícia Federal. Queiroga, por sua vez, segue pressionado pelo Planalto por não tomar posições que Bolsonaro deseja, como liberação do uso de máscaras.

Máscaras

Apesar da pressão, Queiroga reiterou nesta quarta-feira (06) a defesa pelo fim da obrigatoriedade de uso de máscaras como forma de proteção à Covid-19. De acordo com ele, com o avanço da vacinação no país, o uso de máscara deve ser facultativo e apenas nos lugares em que haja concentração de pessoas.

Para o ministro, a atual legislação que prevê a obrigatoriedade do uso das máscaras é pouco efetiva. Queiroga, no entanto, não informou quando o governo deve divulgar um parecer técnico recomendando o término da imposição. Segundo ele, “a ideia é fazer isso de forma gradual”.

DCM

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor