2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 19 de Outubro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.749

Governo do Ceará assina quatro memorandos para implantação de empresas do setor de hidrogênio verde no Complexo do Pecém

Governador Camilo Santana (Foto: Reprodução/ Instagram)

Protocolo foi assinado com quatro empresas, uma delas cearense, mas sem data definida para tirar projetos do papel

13 de outubro, 2021

Foi assinado nesta quarta-feira (13) memorando de intenção entre o Governo do Ceará e quatro empresas que atuam no setor de hidrogênio verde. O objetivo é estabelecer processo para implantação de unidades das empresas no Ceará. Foram assinados documentos com as empresas Diferencial, Eneva, H2helium Energia e Hytron. A assinatura foi transmitida pelas redes sociais  do governador Camilo Santana (PT).

“Nós temos a possibilidade de dar uma grande contribuição ambiental pro planeta”, afirmou o governador Camilo Santana, que afirmou que o hidrogênio verde é o combustível do futuro.

As unidades serão instaladas no Complexo do Pecém, sendo uma das principais apostas do Ceará para a economia, principalmente na geração de empregos. Camilo afirma que o objetivo final é transformar o Estado num HUB do setor. Não foi informado no ato da assinatura o montante de investimento esperado.

Esse não é o primeiro memorando do tipo assinado pelo governo. Também há previsão de que usina passe a operar com essa matriz energética em 2022. Recentemente, uma comitiva foi enviada para a Espanha com o intuito de estudar experiências de sucesso na exploração do insumo.

Os protocolos assinados não garantem a instalação imediata das empresas, mas firma um compromisso de investimento no Ceará mediante estudos e preparação prévia. Camilo diz que a segurança jurídica do Ceará é um diferencial para todos que queiram trazer seus negócios para o Estado.

O hidrogênio é um dos elementos mais abundantes da Terra. Ele pode ser encontrado em combustíveis fósseis, água, plantas, animais e até mesmo em humanos, mas nunca aparece naturalmente na forma pura. Ele é chamado de “hidrogênio verde” quando é obtido a partir de fontes limpas, sem emissão de carbono. O seu aproveitamento não se dá por meio da combustão, como ocorre com os combustíveis fósseis, mas sim através da transformação eletroquímica.

O Otimista

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor