2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 29 de novembro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.790

Brasil terá o menor crescimento do mundo entre emergentes, expondo o fracasso de Paulo Guedes e Jair Bolsonaro

(Foto: ABr)

Brasil aparece na 'lanterna' de crescimento econômico entre países emergentes

22 de novembro de 2021

A tragédia econômica inaugurada com o golpe de 2016, que teve como objetivo implantar um novo choque neoliberal com a "ponte para o futuro", e aprofundada com a ascensão de um regime neofacista em 2018 prossegue no Brasil. Estudo publicado nesta segunda-feira pelo jornal Estado de S. Paulo aponta que o Brasil terá o menor crescimento entre todos os grandes mercados emergentes em 2022, o que evidencia o fracasso de Paulo Guedes e Jair Bolsonaro.

"A economia brasileira deve se ver em uma posição nada invejável em 2022, pois deve ter o pior desempenho dentre os principais países emergentes, segundo compilação feita pelo Estadão/Broadcast a partir de dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) e de cinco grandes consultorias e bancos. As expectativas de cinco casas para a economia brasileira – Bradesco, Goldman Sachs, Capital Economics, Fitch Ratings e Nomura – variam de 0,8% a 1,9%. Já o FMI vê avanço de 1,5%, contra média de 5,1% do mundo emergente. Entre as nações analisadas, os piores desempenhos, após o brasileiro, são de África do Sul (2,2%) e Chile (2,5%).", aponta a reportagem.

"De qualquer forma, essas perspectivas podem ser consideradas até otimistas, uma vez que a média das expectativas do economistas do relatório Focus, do BC, hoje está em 0,93% para o PIB. E já há bancos, como o Itaú, prevendo até retração de 0,5% no ano que vem", prossegue a repórter Bárbara Nascimento.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor