2

São Gonçalo do Amarante - CE - sEGUNDA-FEIRA 29 de novembro de 2021 - Ano: XIV - Edição: 4.790

Rosa Weber dá 24 horas para Arthur Lira o Super-Cunha enviar informações sobre votação da PEC dos Precatórios

(foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

Determinação também envolve demais membros da Mesa Diretora e tem como um dos fundamentos o voto remoto de parlamentares

7 de novembro de 2021

Aministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber, determinou que Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, e membros da Mesa Diretora, enviem informações sobre mudanças regimentais aprovadas de última hora para votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. A informação é do Estadão.

Parlamentares de oposição ao governo Bolsonaro pediram que a ministra anulasse a aprovação por meio de liminar. Lira pautou o segundo turno da proposta para a próxima terça-feira, 9. Os parlamentares argumentam que o presidente da Câmara agiu de modo casuístico ao levar a emenda aglutinativa - texto final colocado em votação, que reúne todas as emendas apresentadas - sem análise na comissão especial.

Outro ponto da ação é a mudança que permitiu que 20 deputados presentes na Conferência do Clima (COP-26) pudessem votar remotamente. A Casa retomou atividades presenciais no final de outubro, exigindo dos deputados a biometria para votar.

O PDT também representa no Supremo contra Lira sob alegação de que a manobra que permitiu o voto remoto atende aos "interesses pessoais" do deputado. Ele estendeu o julgamento até 1 hora da manhã para assegurar o quórum que tornou a proposta vitoriosa.

O Povo

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor