2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 17 de Janeiro de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.839

Cada vez mais longe de Lula, Bolsonaro ficou apavorado e muda postura: “Ser golpista dá mais voto”

Foto: Reprodução

10 de dezembro de 2021

Bolsonaro ficou apavorado ao receber pesquisas internas e ver a liderança isolada do ex-presidente Lula. Durante alguns dias, o chefe do executivo federal passou a apostar no plano do Centrão. O pedido dos líderes do PP, Republicanos e PL foi que o governante fosse moderado, falando sobre economia e de seus projetos.

Conforme apurou o DCM, o discurso do Centrão não obteve resultado e o presidente viu o petista crescer. Tanto que Lula tem grandes chances de vencer no primeiro turno em 2022. Além disso, Sergio Moro entrou no jogo e passou a roubar votos de Bolsonaro.

Por conta disso, ele começou a ser pressionado pela ala ideológica. Durante um tempo, o ex-capitão das Forças Armadas resistiu e seguiu a cartilha dos líderes de centro. Não por acaso, criticou fake news de apoiadores no cercadinho e afirmou que “era do Centrão”.

Mas agora ele resolveu voltar para a base “raiz” e desde o começo da semana tem atacado as instituições. O Supremo Tribunal Federal, por exemplo, já recebeu diversas alfinetadas do presidente.

Sergio Moro e João Doria não fugiram da sua fúria. Os dois nomes da terceira via foram detonados por Bolsonaro. E o Partido dos Trabalhadores também entrou na mira do governante.

“Ele resolveu dobrar a aposta. Agora vai seguir o caminho que o levou para a presidência: o radicalismo. O pessoal no Congresso tem até dito que ser golpista dá mais voto com os bolsonaristas. Então agora ele vai para o tudo ou nada”, explicou um deputado da base aliada.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor