2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quinta-feira 26 de Janeiro de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.849

De férias na praia, Bolsonaro se cala sobre enchentes na Bahia, que já mataram 20 pessoas, trabalhar que é bom ele não gosta

Jair Bolsonaro (Foto: Instagram/Cidade de Ilhéus)

Em conversa com jornalistas, Bolsonaro preferiu falar novamente contra a vacinação de crianças

27 de dezembro de 2021

Curtindo férias no litoral de Santa Catarina enquanto a Bahia sofre com fortes chuvas e enchentes, Jair Bolsonaro (PL) falou a jornalistas nesta segunda-feira (27) e não comentou a situação do povo baiano.

O chefe do governo federal preferiu novamente falar contra a vacinação de crianças contra Covid-19, afirmando que não permitirá a imunização de sua filha mais nova, Laura, de 11 anos.

De acordo com a Secretaria de Comunicação da Bahia, o estado contabiliza 31.405 desabrigados e 31.391 desalojados, segundo dados enviados pelas prefeituras e totalizados pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec). O total de municípios afetados chega a 116, sendo que 100 deles já decretaram situação de emergência.

Foram registrados ainda 358 feridos e 20 mortos. Os dois óbitos mais recentes ocorreram em Itabuna: uma mulher de 33 anos, vítima de desabamento, e um homem, de 21 anos, levado pela correnteza. O total de pessoas afetadas é superior a 470 mil (471.009).

As mortes foram registradas em: Amargosa (2), Itaberaba (2), Itamaraju (4), Jucuruçu (3), Macarani (1), Prado (2), Ruy Barbosa (1), Itapetinga (1), Ilhéus (1), Aurelino Leal (1) e Itabuna (2).

Ao contrário de Bolsonaro, o ex-presidente Lula (PT), favorito para as eleições presidenciais de 2022, cobrou ajuda das Forças Armadas em favor da população da Bahia.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor