2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 15 de Agosto de 2022 - Ano: XIV - Edição: 5.045

Ex-juiz suspeito Sérgio Moro se revolta com investigação sobre seu enriquecimento pessoal

 

Sergio Moro (Foto: Lula Marques/Fotos Públicas)

Tribunal de Contas da União obrigou a empresa estadunidense Alvarez & Marsal a revelar quanto pagou para ele

28 de dezembro de 2021

O ex-juiz Sergio Moro, que foi declarado parcial e suspeito pelo Supremo Tribunal Federal, e apontado pelo Dieese como responsável pela destruição de 4,4 milhões de empregos, começou mal na política. Ao saber que os pagamentos da consultoria estadunidense Alvarez & Marsal a ele serão investigados pelo Tribunal de Contas da União, Moro reagiu como se não devesse prestar contas de nada. Detalhe: a Alvarez & Marsal lucrou com a quebra de construtoras brasileiras, como Odebrecht e OAS, e assumiu a recuperação judicial de tais empresas, antes de contratar Moro como consultor nos Estados Unidos, país em que ele viveu como rico. Confira, abaixo, a reação de Moro e apoie o documentário de Joaquim de Carvalho:

Brasil 247


Trabalhei 23 anos na carreira pública. Lutei contra a corrupção neste país como ninguém jamais havia feito. Deixei o serviço público e trabalhei honestamente no setor privado para sustentar minha família. Nunca paguei ou recebi propina, fiz rachadinha ou comprei mansões.
Não enriqueci no setor público e nem no privado. Não atuei em casos de conflito de interesses. Repudio as insinuações levianas do Procurador do TCU a meu respeito e lamento que o órgão seja utilizado dessa forma.

9,2 mil
Responder
Copiar link para o Tweet

1 comments:

Anônimo disse...

UM DIA CHEGARÁ TUA VEZ, DE PRESTAR CONTAS! PSEUDO JUÍZ! TRAIDOR LESA PÁTRIA, TINHA QUE ESTAR PTESO, CONDENADO À PENAS MÁXIMA! E NÃO FAZENDO POLÍTICA SE EXALTANDO DE ARAUTO DA MORALIDADE! PSEUDO JUÍZ, FARSA À JATO, FIOTI DOS AMERICANOS, DESTRUIDOR DO BRASIL!!

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor