2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 17 de Janeiro de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.839

Cláudio Pinho, secretário dos Direitos Humanos de Fortaleza, entrega cargo para disputar eleições

O advogado foi o único até agora, a pedir sua desincompatibilização do secretariado da equipe do prefeito José Sarto, já em olho no ano eleitoral

04 de Janeiro de 2022

O advogado Cláudio Pinho solicitou exoneração do cargo de titular da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social Direito. A saída é a primeira de muitas que devem acontecer nos próximos dias, após o prefeito José Sarto (PDT) solicitar desincompatibilização dos integrantes de seu secretariado que forem pleitear cargos eletivos neste ano.

No seu perfil nas redes sociais, o prefeito de Fortaleza informou que a exoneração foi publicada ontem segunda-feira, 3, no Diário Oficial. "Desejo todo o sucesso nos projetos que se propuser a realizar.", acrescentou.

Pinho é bacharel em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e foi presidente da Federação Norte-Nordeste dos Notários e Registradores. Atuou também como presidente do Sindicato dos Notários, Registradores e Distribuidores do Estado do Ceará (Sinoredi). Em 1999, ele assumiu mandato de vereador da Câmara Municipal de Fortaleza. De 2013 a 2020, Cláudio foi prefeito do Município de São Gonçalo do Amarante. Para 2022, ele deve tentar uma vaga na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE).

O ex-secretário também foi presidente da Federação Universitária Cearense de Esporte (Fuce) e da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), diretor de planejamento da Superintendência de Esporte e Turismo (Sudetur) da Prefeitura de Fortaleza e diretor de planejamento na Secretaria do Trabalho e Ação Social (SETDS).

No Executivo estadual, as mudanças já foram mais profundas. Na última semana, também de olhos nas eleições, cinco secretários (quatro titulares e um executivo) pediram exoneração do Governo do Ceará. Os nomes estiveram em publicação do Diário Oficial do Estado (DOE) da última quinta-feira, 30. Entre os nomes estão Mauro Filho (licenciado do Planejamento e Gestão), Zezinho Albuquerque (Cidades), Lia Gomes (secretária-executiva na Secretaria da Proteção Social), Francisco De Assis Diniz (Desenvolvimento Agrário) e Inácio Arruda (Ciência, Tecnologia e Educação Superior).

O POVO

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor