2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 17 de Janeiro de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.839

Itália determina vacina obrigatória para todos os maiores de 50 anos e a medida entra em vigor imediatamente

(Foto: Stuckert | Reuters)

Decisão foi tomada pelo primeiro-ministro Mario Draghi; medida foi defendida pelo cientista Miguel Nicolelis; ex-presidente Lula também fez apelo por vacina

6 de janeiro de 2022

O governo italiano decidiu há instantes que todos os maiores de 50 anos serão obrigados a se vacinar contra a covid-19. A medida foi defendida ontem pelo cientista Miguel Nicolelis, em entrevista à TV 247. Também ontem o ex-presidente Lula fez um apelo para que todos se vacinem.

Agência Brasil – A Itália tornou obrigatória a vacinação contra covid-19 para pessoas a partir de 50 anos, um dos poucos países europeus a adotar a medida, na tentativa de aliviar a pressão sobre os serviços de saúde e reduzir as mortes.

A Itália teve mais de 138 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia no país, em fevereiro de 2020, o segundo maior número de óbitos na Europa, atrás apenas do Reino Unido.

O governo do primeiro-ministro Mario Draghi já havia tornado a vacinação obrigatória para professores e profissionais de saúde. Desde outubro passado, todos os funcionários tiveram que ser vacinados ou apresentar teste negativo antes de entrar no local de trabalho.

A recusa resulta na suspensão do trabalho sem remuneração, mas não em demissão.

O novo decreto endurece a regra para os trabalhadores com mais de 50 anos, removendo a opção de fazer teste em vez da vacinação. Não ficou claro qual seria a sanção para quem desrespeitar a medida.

O decreto foi aprovado após uma reunião de gabinete de duas horas e meia, que gerou polêmica dentro da coalizão multipartidária de Draghi.

"As medidas visam a manter nossos hospitais funcionando bem e, ao mesmo tempo, manter escolas e atividades comerciais abertas", disse Draghi, segundo seu porta-voz.

Brasil 247

 

 

 

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor