2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 20 de Maio de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.961

Jean Wyllys diz que queda de Sérgio Moro também representa a queda do jornalismo 'desonesto' e 'arrogante' que bancou a Lava Jato

Ex-deputado Jean Wyllys na Câmara dos Deputados (Foto: Câmara dos Deputados | ABr)

Ex-deputado criticou o jornalismo da mídia corporativa que promoveu e sustentou a operação

30 de janeiro de 2022

O ex-deputado Jean Wyllys (PT) defendeu neste sábado (29) que, com o encerramento do caso triplex e o completo desmascaramento do ex-juiz Sérgio Moro, também saia de cena o tipo de jornalismo praticado na mídia corporativa, que sustentou e promoveu a Lava Jato.

"A queda de Moro representa também a queda de um tipo de 'jornalismo' desonesto intelectualmente e arrogante (sendo um pouco condescendentes, poderíamos dizer que classista e preguiçoso) que acreditava - talvez ainda acredite - que pode enganar todo mundo por todo tempo", disse Wyllys pelo Twitter.

Brasil 247


A queda de Moro representa também a queda de um tipo de “jornalismo” desonesto intelectualmente e arrogante (sendo um pouco condescendentes, poderíamos dizer que clasista e preguiçoso) que acreditava - talvez ainda acredite - que pode enganar todo mundo por todo tempo.

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor