2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quinta-feira 26 de Janeiro de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.849

Responsável pela disparada dos combustíveis, ex-juiz parcial Sérgio Moro promete resolver o problema que ele próprio criou

 

(Foto: Reprodução)

Política de preços da Petrobrás mudou após o golpe de estado viabilizado pela Lava Jato

12 de janeiro de 2022

O ex-juiz Sergio Moro, que foi declarado parcial e suspeito pela suprema corte brasileira e que destruiu 4,4 milhões de empregos no Brasil, segundo o Dieese, foi às redes sociais prometendo solucionar um problema que ele próprio ajudou a criar: a disparada nos preços dos combustíveis. Explica-se: a primeira medida adotada no Brasil após o golpe de estado de 2016, viabilizado pela Lava Jato, foi a alteração na política de preços da Petrobrás, transferindo renda da sociedade brasileira para os acionistas privados (sobretudo internacionais) da estatal. Na visão de muitos analistas independentes, a finalidade da Lava Jato foi exatamente transferir para os acionistas minoritários da empresa a renda do pré-sal brasileiro, o que faria de Moro um dos maiores responsáveis pela alta da gasolina, do diesel e do gás de cozinha – e, portanto, um dos grandes culpados pelo empobrecimento do povo brasileiro nos últimos anos.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor