2

São Gonçalo do Amarante - CE - Domingo 22 de Maio de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.963

Alexandre de Moraes determina bloqueio de perfis do Telegram e ameaça suspender aplicativo

Alexandre de Moraes | Telegram (Foto: Reuters | Marcello Casal/Agência Brasil)

Ministro do STF dá prazo de 24 horas para o bloqueio de alguns perfis na rede social. Caso a determinação não seja cumprida, risco é de suspensão e multa

25 de fevereiro de 2022

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes determinou o bloqueio do perfil do blogueiro bolsonarista de Allan dos Santos no Telegram em um prazo de 24 horas e alertou a empresa que, caso a ordem não seja cumprida, o aplicativo será suspenso e terá de pagar multa. O ministro é relator do inquérito sobre as milícias digitais na Corte.

“A efetivação da determinação judicial de bloqueio [dos perfis] deverá ocorrer no prazo máximo de 24 horas, sob pena de suspensão dos serviços do Telegram no Brasil, pelo prazo inicial de 48 horas”, diz Moraes na decisão, informa a coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

O ministro estipula multa diária de R$ 100 mil por perfil indicado e não bloqueado no prazo fixado. O ministro pede o encaminhamento urgente da decisão à Polícia Federal.

Rede social preferida dos bolsonaristas, o Telegram não tem sede no Brasil, apenas um escritório de representação comercial no Rio de Janeiro, e segundo o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luís Roberto Barroso, não atende às chamadas do governo brasileiro. O banimento do Telegram enfrenta resistência na PGR.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor