2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sábado 26 de Junho de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.995

Bolsonaro não pretende renovar a concessão da Rede Globo

Apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos (Foto: Reprodução/TV Globo)

A concessão da emissora vence em outubro de 2022

31 de maio de 2022

Jair Bolsonaro (PL) não pretende renovar a concessão da Globo e, segundo pessoas próximas, ele mandará para o Congresso Nacional um decreto contra a renovação. A concessão da emissora vence em 5 de outubro de 2022. As informações foram publicadas nesta terça-feira (31) pelo NaTelinha, no portal Uol.

O Ministério das Comunicações destacou que "o prazo das concessões da sede da Globo (Rio de Janeiro/RJ) e das filiais (São Paulo/SP, Brasília/DF, Belo Horizonte/MG e Recife/PE) expira no dia 5 de outubro de 2022". "Até o momento, o Ministério das Comunicações não recebeu os pedidos de renovação referentes a essas concessões. Portanto, não há como estimar prazos de análise", disse.

"No entanto, ressalta-se que as entidades podem fazer o pedido durante os 12 meses anteriores ao término do prazo. Assim, têm até 05/10/2022 para fazê-lo, conforme disposto no art. 4º da Lei nº 5.785, de 23 de junho de 1972, alterada pela Lei nº 13.424, de 28 de março de 2017", acrescentou.

A emissora afirmou que o "assunto não se dá por decreto presidencial". "A Globo seguirá os prazos estabelecidos com a tranquilidade de cumprir e de sempre ter cumprido todas as obrigações legais para a renovação da concessão".

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor