2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sábado 26 de Junho de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.995

Bozo corre contra o tempo para torrar a Eletrobás a preço de bananas, até o dia 15 de junho

(Foto: Alan Santos/PR | Reuters)

Governo quer vender empresa estratégica a poucos meses das eleições

19 de maio de 2022

 (Reuters) - Por sete votos a um, o Tribunal de Contas da União deu aval nesta quarta-feira à privatização da Eletrobras, em análise que tratou da modelagem e de parâmetros para o preço mínimo da oferta de ações, que poderia levantar ao menos cerca de 25 bilhões de reais, segundo avaliação preliminar do governo.

O sinal verde da Corte de Contas, apesar de forte oposição manifestada por um dos ministros, o revisor do processo, Vital do Rêgo, é um importante passo para que a Eletrobras possa concretizar sua oferta de capitalização em bolsa, prevista para ocorrer em junho.

Vital do Rêgo, que havia pedido vista do processo no mês passado, propôs paralisar novamente o processo antes da votação de mérito nesta quarta-feira, devido a uma auditoria em curso pelo TCU, mas a sugestão foi rejeitada pelos demais ministros.

"Mesmo sendo derrotado em termos de votos deste plenário, entendo e aceito a decisão da maioria... Mesmo não entendendo o posicionamento dela", disse Vital.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor