2

São Gonçalo do Amarante - CE - Domingo 22 de Maio de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.963

Promotor morto durante lua de mel misteriosamente na Colômbia, atuou na prisão de Ronaldinho Gaúcho

Marcelo Pezzi (Foto: Ministério Público do Paraguai)

Marcelo Pezzi de 45 anos morreu nesta terça-feira (10), durante sua lua de mel em uma praia na Colômbia

12 de maio de 2022

O promotor paraguaio Marcelo Pezzi, de 45 anos, foi assassinado a tiros, nessa terça-feira (10), durante sua lua de mel em uma praia na Colômbia. O investigador atuou no caso envolvendo o ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho por uso de documento falso.

Pecci e sua esposa, a jornalista Claudia Aguilera, estavam em lua de mel na ilha caribenha de Barú, na Colômbia.

Reconhecido pelo seu trabalho de investigação em casos contra lavagem de dinheiro e tráfico de drogas, o promotor também foi responsável pela prisão do ex-jogador brasileiro Ronaldinho Gaúcho, em 2020, após denúncias de que o ex-atleta portava passaportes falsos ao tentar entrar em solo paraguaio.

O casal foi abordado por dois homens em uma praia particular conectada ao hotel onde estavam hospedados. De acordo com Aguilera, o marido não havia recebido ameaças antes do atentado.

Metrópoles

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor