2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 15 de Agosto de 2022 - Ano: XIV - Edição: 5.045

Demorou mas, Bolsonaro sai em defesa do terrorista bolsonarista assassino de petista: “Encheram a cara dele de chutes”

 

12 de julho de 2022

Estava demorando, mas Bolsonaro finalmente saiu em defesa do assassino do líder petista Marcelo Arruda em Foz do Iguaçu.

Segundo o presidente, houve um “conflito prévio” entre o policial bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho, autor dos disparos, e o guarda municipal e tesoureiro do PT, morto em sua festa de 50 anos.

“Nada justifica a troca de tiros. Nada justifica. Mas lá fora está sendo concluída a investigação pela Polícia Civil. Talvez concluam hoje, talvez tenha uma coletiva. Para a gente ver que teve problema lá fora. O cara que morreu e estava lá fora jogou uma pedra no vidro no carro do lado de fora”, disse no cercadinho do Palácio da Alvorada.

A insinuação é de que eles se conheciam, algo descartado pela apuração até o momento.

“Ele [Guaranho] ficou caído no chão e o pessoal da festa, todos petistas, encheram a cara dele de chutes. Bem, a violência dos petistas era violência do bem. Chute na cara de quem está caído no chão. A gente não sabe direito o que aconteceu, mas as imagens demonstram os atos de violência dentro do recinto”.

Cínico, Bolsonaro rebateu quem o acusa, corretamente, de estimular a violência no país.

“A narrativa é de que eu estimulo a violência no Brasil. É isso mesmo? Então vamos lá”, começou.

“Em 2016, tivemos 61.000 mortes por arma de fogo no Brasil. No ano passado, tivemos 21.000 mortes por arma de fogo. Menos 20.000 mortes. Como meu governo estimula a violência?”

DCM

Abaixo, uma demonstração do que é um canalha no ápice de sua delinquência moral:

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor