2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 15 de Agosto de 2022 - Ano: XIV - Edição: 5.045

EUA mandam recado direto às Forças Armadas brasileiras

Joe Biden, TSE e urnas eletrônicas brasileiras (Foto: Reuters | ABR)

A posição dos EUA "dá a senha para que diplomacias de governos de outros países democráticos se manifestem mais firmemente contra o show de Bolsonaro"

21 de julho de 2022

"Tanto a nota da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil quanto a declaração do porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, reiterando a confiança do governo norte-americano no processo eleitoral brasileiro têm outro destinatário direto, além de Jair Bolsonaro: as Forças Armadas brasileiras", escreve a jornalista Vera Magalhães no Globo.

"Ao reiterar a expectativa de que as eleições ocorram de forma justa, livre e confiável, 'com todas as instituições agindo conforme seu papel constitucional', o governo Biden comunica aos militares que o resultado das eleições será prontamente reconhecido por Washington".

De acordo com a jornalista, o governo estadunidense percebeu a ambiguidade das posições das Forças Armadas brasileiras quanto ao processo eleitoral.

De acordo com Vera Magalhães, a posição dos EUA "dá a senha para que diplomacias de governos de outros países democráticos se manifestem mais firmemente contra o show de Bolsonaro".

A jornalista acrescenta em seu comentário que a nota e o briefing da Casa Branca humilham o Ministério das Relações Exteriores sob Carlos França.

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor