2

São Gonçalo do Amarante - CE - Segunda-feira 15 de Agosto de 2022 - Ano: XIV - Edição: 5.045

Justiça do Paraná decreta prisão preventiva de terrorista bolsonarista louco que assassinou Marcelo Arruda

Bolsonarista Jorge da Rocha Guaranho, que matou Marcelo Arruda em Foz do Iguaçu (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Informações dão conta de que Jorge José da Rocha Guaranho, atingido por disparos de defesa de Arruda, está internado na UTI

11 de julho de 2022

A Justiça decretou nesta segunda-feira (11) a prisão preventiva do terrorista bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho pelo assassinato de Marcelo Arruda, militante do PT, em Foz do Iguaçu (PR).

Durante o último final de semana, Guaranho invadiu a festa de aniversário de Arruda, com temática do PT, gritando palavras de apoio a Jair Bolsonaro (PL). Arruda, que era guarda municipal, conseguiu disparar contra Guaranho, que sobreviveu e está internado na UTI.

O anúncio foi feito em coletiva do Ministério Público do Paraná (MP-PR) na manhã desta segunda (11).

As investigações, informou o promotor de Justiça Tiago Lisboa Mendonça, contarão com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) fará parte das investigações.

"Vários pontos precisam ser esclarecidos. Qual razão ele esteve no local? Foi apurado de que ele era membro de uma associação da região. Em razão de que ele poderia estar ali fazendo rondas externas que eram feitas, mas é necessário apurar. [...] Outro motivo é se havia alguma indicação de que ali ocorria festa temática, música e afins. [...] Para a apuração talvez façamos a reprodução simulada dos fatos. [...] Quanto antes esclarecer os fatos, por qual razão esse crime bárbaro foi cometido e punir o responsável ou responsáveis."

Brasil 247

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor