São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - Domingo 17 de Junho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.530

Ceará atropela o Maranguape por 5 a 1 e confirma rebaixamento do Gavião da Serra


Em terceiro na tabela, Ceará ganhou de 5 a 1 do Maranguape. O placar esticado pode ajudar o Alvinegro a tentar a liderança na última rodada


19/02/2018 - Na maior goleada do Campeonato Cearense, o time reserva do Ceará confirmou que não deixa nada a dever para o time principal, e ganhou de 5 a 1 do Maranguape. Com concentração e poder ofensivo de sobra, os reservas do Alvinegro conquistaram a terceira vitória em cinco jogos (a quinta do Ceará nas oito rodadas). O Vovô chegou aos 16 pontos, terminando a rodada em terceiro lugar, atrás de Fortaleza e Ferrroviário. Já o Maranguape amargou a sétima derrota e é a primeira equipe a ser rebaixada para série B do Campeonato Cearense.

Cinco vitórias em oito rodadas e aproveitamento de 66,7%. Classificado para a segunda fase, o Ceará chega para a última rodada contra o Tiradentes (que luta contra o rebaixamento), no domingo, 25, para tentar chegar à liderança. Para isso, precisa torcer por um empate entre Fortaleza e Ferroviário, no clássico das cores, e golear o Tiradentes com pelo menos 3 gols de diferença - para superar o Leão no saldo de gols.

Chegando para definir sem dar espaços para sustos, Ceará começou arrasador. Já aos quatro minutos, Arthur Cabral abriu o placar para o Ceará. Ele conseguiu uma roubada de bola em falha da zaga adversária na área ofensiva e fez bela finalização por debaixo das pernas do goleiro. Minutos depois, em nova roubada de bola, dessa vez do goleiro Max Ferrer, Arthur, em partida inspirada, emendou jogada para Roberto apenas empurrar para o fundo das redes ampliando para o Ceará. 

Concentrado o Ceará não deu o jogo por vencido e continuou botando pressão no Maranguape. O Gavião da Serra colecionava passes errados e tentava conter o ataque alvinegro mesmo com a zaga em frangalhos.

Aos 30 minutos, o Ceará tocava bola tranquilamente, com todo o time, com a exceção de Renan, no campo de ataque. Ainda houve chances de ampliar. Arthur, melhor em campo no primeiro tempo, Parrudo e Roberto ainda desperdiçaram oportunidades de sacramentar a vitória para o Alvinegro de Porangabuçu.

No reinício do segundo tempo, uma cobrança de falta bem colocada por Paulista foi a oportunidade mais clara do Maranguape, mas a bola passou por cima da meta e tocou na rede pelo lado de fora. Àquela altura, para evitar o rebaixamento o Gavião precisava superar o adversário, fazendo em 45 minutos três gols - feito difícil para time que só havia marcado um gol durante toda a temporada.

Apenas administrando a vitória, Ceará marcou mais um. Aos 20 minutos da etapa final, Luidy, que havia entrado há pouco, escorou para Leandro Canhoto, que finalizou de primeira, ampliando para o Ceará. Numa tentativa de reação, o Maranguape ainda marcou o gol de honra. Aproveitando a cobrança de falta, Lucas Piu se valeu de falha de Renan e descontou para o Maranguape.

Correndo para ampliar o saldo de gols no campeonato - critério que poderá servir de critério desempate para liderança na nona rodada-,  Ceará marcou mais um. Rafinha acreditou, chutou forte de fora da área. A goleada ainda aumentou: aos 35, com a zaga completamente desatenta, Roberto marcou o seu segundo na partida.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]