São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 22 de maio de 2018 - Ano: X - Edição: 3.504 - Visualizações: 22.150.328 - Postagens: 33.408

Fortaleza vence o Ferroviário no PV e termina a 1ª fase do Estadual na liderança


26/02/2018 - Mesmo utilizando o Clássico das Cores para testar atletas, o Fortaleza venceu o Ferroviário no PV, na noite deste domingo, 25, e terminou a primeira fase do Campeonato Cearense como líder. O triunfo quebrou o tabu de quatro anos sem bater o rival tricolor, a invencibilidade do técnico Ademir Fonseca e fez o Tubarão cair para 4º na classificação, o que implica em apenas dois mandos na segunda fase.

Quando a escalação do Fortaleza foi liberada, surpresa geral. Rogério Ceni deixou ignorou qualquer duelo pela liderança ou tabu e lançou um time reserva a campo. Os únicos titulares eram Marcelo Boeck e Leo Natel, mas ainda assim o Leão controlou o ritmo da partida na maior parte do tempo.

A tática era marcar a saída de bola coral e atacar pelas pontas, especialmente a esquerda, com triangulações envolvendo Natel, Leonan e Alan Mineiro. No lado oposto, Wesley pouco participou das tentativas do primeiro tempo, uma vez que tinha ao lado a pouca experiência de Andrei e Sérgio.

Faltava ao Fortaleza, no entanto, uma finalização mais caprichada. O garoto Dênis foi colocado na posição de centroavante, mas pouco apareceu para o jogo. O resumo foi um domínio sem nenhuma finalização certa durante os primeiros 45 minutos.

Em raras escapadas, o Ferroviário teve duas boas chances. Primeiro com Valdo Bacabal, se antecipando à zaga após cruzamento de Andrei e outra com Mazinho, que apareceu de surpresa na grande área do Fortaleza e chutou de primeira. Marcelo Boeck defendeu ambas.

Ceni corrigiu as falhas, sacando Dênis e depois Andrei para lançar Edinho e Tinga. O Leão passou a explorar mais o lado direito e Ademir Fonseca trocou o 3-4-3 da primeira etapa por um 4-5-1, para impedir as investidas do adversário.

A velocidade fez a diferença para o Leão. Edinho já tinha perdido uma chance em arrancada pela direita logo após entrar em campo, mas aos 28 minutos, carregou a bola do meio até a entrada da área e rolou para Leonan, que ainda fintou o zagueiro Túlio antes de chutar para o gol.

O gol do Fortaleza saiu em um momento em que o Ferroviário acabara de pressionar, fazendo imaginar que o efeito seria congelante para o Tubarão. A reação, porém, não demorou muito. Quatro minutos depois, após cobrança de escanteio, Afonso cabeceou e empatou. O tento animou demais o mascote do Ferroviário, que acabou sendo expulso.

Dois atletas corais também foram para o vestiário mais cedo. Primeiro Valdo Bacabal, do banco de reservas, ao reclamar muito após o segundo gol do Fortaleza, que saiu no minuto seguinte ao empate. Wesley cruzou da direita, Tinga desviou de cabeça e o artilheiro tricolor testou para o gol.

Quem também levou o amarelo foi Mota, também por reclamação. Com dois homens a menos, o Ferrão acabou sofrendo mais um gol. Aos 42, Wesley deixou Edinho de frente para a meta e ele bateu na saída de Colaço.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]